Bragança Jovem Popular

Bragança Jovem Popular é o blog da distrital da Juventude Popular que se impõem pela diferença: não criticamos sem propor, não propomos só por falar, nem falamos sem conhecer. Porquê?! Simples!... Porque àqueles que "falam, falam, falam e não fazem nada", escasseia algo que nós temos de sobra: irreverência, ideias e vontade de agir!

segunda-feira, julho 24, 2006

Orgulho na JP Bragança






Se desde 1999, ano em que me filiei na JP pelo meu distrito de Bragança, sempre me orgulhei desta estrutura, o almoço dos 25 anos de militãncia na Figueira da Foz no passado Sábado foi apenas mais um motivo para o meu orgulho crescer.

Aqui ficam algumas fotos.

sexta-feira, julho 21, 2006

Comunicado à Imprensa

Dia 20 de Julho de 2006, realizaram-se os actos eleitorais das concelhias de Vila Flor e Vimioso do CDS-PP, comprovando o dinamismo e empenho destas duas estruturas locais.

A Comissão Política Concelhia de Vila Flor, passou a ter a seguinte constituição: Presidente – Frederico Guedes e Silva; Vice-Presidente – Ana Margarida Mendonça; Secretária – Daniela Serra Cardoso; Vogal – Cândida Veloso e Vogal – João Bettencourt Pacheco. Para presidir à Mesa do Plenário Concelhio, foi eleito Altino Duarte, tendo como Vice-Presidente João Periquito Carvalho e Secretário António Miranda. O acto eleitoral foi bastante participado, sendo que a nova equipa se mostra unida, trabalhadora e confiante numa maior, ainda que trabalhosa, implantação do CDS no concelho.

A Comissão Política Concelhia de Vimioso, foi eleita passado um período de inexistência, tendo como presidente Rui Moreira. A equipa tem ainda como Vice-Presidente Isabel Fernandes, como Secretário Rui Tranchete e como vogais Alexandra Pereira e António Padrão Afonso. A Mesa ficou constituída por António Barbosa, Maria Barbosa e Manuel Rodrigues. A concelhia, dispõem já de blog onde estão mais informações sobre a concelhia e acto eleitoral em http://cdsvimioso.blogspot.com . A nova concelhia promete, aproveitando uma das máximas da direcção nacional do CDS a quem agradece todo o apoio, políticas alternativas para uma alternativa política.

Tendo o CDS-PP festejado o seu 32º aniversário dia 19 de Julho, a eleição de duas concelhias no distrito de Bragança, marcam do melhor modo esta importante data.


A Juventude Popular, realizou também hoje o seu Conselho Distrital em Moncorvo, onde além de traçar o plano de actividades para os próximos meses, debateu assuntos de política local e nacional que preocupam os jovens populares. Nomeadamente, a JP do distrito de Bragança acha inadmissível o clima de crispação que se vive neste momento na educação, originada pelo Ministério. Além de todas as questões que se podem colocar visto a repetição dos exames de Física e Química, todos os elementos da comunidade escolar parecem imergidos em inseguranças e incertezas relativamente ao próximo ano lectivo, o que apenas se pode traduzir em efeitos nefastos para esta área tão importante para o desenvolvimento de qualquer país.

A Juventude Popular organizou ainda a delegação que representará a distrital no almoço de 32º aniversário do CDS que terá lugar dia 22 na Figueira da Foz.

terça-feira, julho 18, 2006

Vinhos em destaque em Vila Flor!

.


No passado sábado decorreu em Vila Flor, um Seminário sobre: "A vitivinicultura no Douro Superior, perspectivas de futuro". Este evento inserido na "Terra Flor", e organizado pela Associação de Agricultores do Nordeste Transmontano, contou com um painel de oradores de luxo...
  • Eng. Jorge Monteiro (IVDP)
  • Eng. Fernando Vanzeller
  • Eng. Jorge Dias (IVDP)
  • Eng. Álvaro Vanzeller
  • Dr. Paulo Outeiro (Rota do Vinho do Porto),

que não defraudou as expectativas dos participantes!

O estado da Nação

































Sem comentários .

Porque fecham as fábricas ?



A resposta é simples... Quando há algum tempo atrás , alertamos para o perigo de subir a taxa do IVA. Fomos basicamente ...ignorados . Estavamos até a cometer um acto anti-patriótico.
Pois bem , para os que não quiseram acreditar no que fomos dizendo , temos tristes notícias . A fábrica da GM na Azumbuja , vai encerrar produção em dezembro , porque os custos funcionais da empresa são mais caros em Portugal do que em Espanha . Para quem não sabem ainda, a taxa do IVA MAXIMA no país aqui ao lado é de 16% , nós ... " a nação valente e imortal ..." rica em hábitos gastadores , despendiosos ... pagamos 21 % de IVA . Para quem consome o que o gigante Americano ,tem vindo a consumir a difrença entre 16 e 21 , é muito dinheiro.
Ainda assim, conseguimos ouvir o Sr. Ministro das finanças, dizer coisas fantásticas , "...a economia vai bem , tem crescido ... não estou nada preocupado com a escalada do preço do crude... " . Fazendo côro com sua Excª o primeiro Ministro, que continua como se estivesse em campanha , a fazer promessas e a dizer coisas , que não lembram ... a ninguém.
Ora se depois de perdermos 0,6 % do PIB , com o encerramentos desta fábrica , e vermos o desemprego crescer em mais 1 200 Portugueses directos , temso que ouvir estas ... coisas , porque havemos nós, de apertar o cinto e de poupar...afinal até crescemos ...umas décimas...

terça-feira, julho 04, 2006

A vida em ... 50 minutos.

Não... não é nenhum novo filme, se bem que pode vir a sêr. É sobre tudo uma chamada de atenção.
Estes 50 minutos , são o tempo que uma ambulância dos bombeiros voluntários de Vimnioso ,leva para chegar da sede de concelho até á sede de distríto. Isto depois de o doente , ter sido examinado no centro de saúde ás 11 da noite e o médico de serviço ter resolvido que não tem condições para estabilizar o paciente .
Imaginem agora , que não há médico , o centro de saúde fecha á noite e os Vimiosences , tem que marcar hora para ficarem doentes ... ou então...morrem a caminho de Bragança.
Não é uma questão de BIRRAS , é uma qyuestão de VIDAS .

segunda-feira, julho 03, 2006

BIRRAS só dos bébés, NÃO DO SR. MINISTRO!

.

Foram hoje entregues, pela distrital de Bragança da JP, ao presidente do CDS-PP, Dr. Ribeiro e Castro, e ao secretário-geral, Dr. Martim Borges de Freitas, as t-shirts que a distrital de Bragança da JP utilizou na manifestação do passado dia 10 de Julho, em Bragança. Juntamente com as t-shirts foi entregue a carta que passo a transcrever:

"Ex.mo Sr. Presidente do CDS-PP / Ex.mo Sr. Secretário Deral do CDS-PP

No passado dia 18 de Novembro, foi entregue pela distrital de Bragança da JP, ao Ex.mo Sr. Governador Civil de Bragança, um abaixo-assinado contra o encerramento de uma, das duas maternidades do Distrito. Este abaixo-assinado com 3.500 assinaturas, recolhidas no tempo recorde de 9 dias, teve direito a um título do Jornal de Noticias: “JP lidera luta contra encerramento de maternidades”…. começou assim a nossa luta pela manutenção das duas maternidades no distrito. Uma causa que consideramos fundamental para o, cada vez mais ténue, desenvolvimento do Nordeste Transmontano.

A manutenção das duas maternidades do Distrito de Bragança é fundamental para o combate à crescente desertificação deste distrito do interior, visível aos olhos de todos. Uma interioridade que, entre outros aspectos, se traduz nas deficientes vias de comunicação, que tornam a circulação dentro do distrito caótica, com estradas sem capacidade para o volume de tráfego verificado e em péssimas condições de manutenção. A este problema acrescem ainda as questões climatéricas adversas, tão típicas da nossa região, e que só vêm piorar ainda mais esta situação, só por si escandalosa.
O encerramento de uma das maternidades só viria piorar ainda mais a situação das parturientes, pois neste momento as grávidas de concelhos mais longínquos, como Freixo de Espada à Cinta, já demoram mais de uma hora para chegar à maternidade mais próxima! Mas este é também um problema de Saúde Pública, pois os efeitos transversais, como o ressurgimento das “parteiras” locais, sem qualquer formação, nem condições de higiene, e cujas consequências desastrosas são facilmente previsíveis.

Por estes motivos, não podia a distrital de Bragança da JP deixar de se associar à manifestação pela manutenção das duas maternidades no distrito, que ocorreu no passado dia 10 de Junho. Estivemos presentes e fizemos passar a nossa mensagem “BIRRAS só dos bébés, NÃO DO SR. MINISTRO!”, através das nossas t-shirts.

E é por esta nobre causa, que contamos que "vista" connosco, mais esta causa, pela defesa do interior, pois BIRRAS só dos bébés, NÃO DO SR. MINISTRO!
"